Com mais de 46 mil toneladas de resíduos já recolhidos, Biosys celebrou três anos de atividade nesta quarta-feira

03 Abril 2020

Empresa atende mais 1,4 mil organizações de pequeno, médio e grande porte

É em um cenário de incerteza econômica provocado pela pandemia do novo coronavírus, que a Biosys completa seu terceiro ano de atividade. Cada vez mais alinhada com seu propósito de oferecer soluções inteligentes e inovação para seus mais de 1,4 mil clientes que vão desde pequenas indústrias até organizações de grande porte, a empresa especializada no gerenciamento de resíduos industriais perigosos sejam eles sólidos ou líquidos completou seu aniversário nesta quarta-feira, 1º de abril.

Foi por meio da visão do empreendedor Mario Guilherme Sebben, presidente do grupo Datasys, da necessidade de buscar soluções para evitar que resíduos perigosos fossem descartados na natureza, degradando o meio ambiente, que foi iniciada a operação da Biosys, em 2017. O empreendimento vinha crescendo solidamente desde sua fundação e teria em 2020 o melhor ano de sua história, com expectativa de crescimento de 40%.

No entanto, os impactos provocados pela COVID-19 no setor industrial metal mecânico, um dos principais segmentos atendidos pela organização, fazem com que a meta já esteja sendo revisada. “Estávamos caminhando para o melhor ano de nossa história. Porém, estamos mudando a nossa percepção em relação as expectativas para o futuro. Temos que ter pé no chão para, neste momento, superar a crise que já está instalada. Esse ano será marcado como um período de superação, de criatividade e inovação para todas as empresas, não somente para a Biosys. Tendo a cabeça no lugar e administrando com consciência, a tendência é que retomemos nossa perspectiva de crescimento em breve”, pondera o diretor executivo da organização, Guilherme Guila Sebben.

Apesar do cenário desafiador, a empresa – que atende indústrias do Rio Grande do Sul, com foco nos Vales do Caí, Sinos, na Região Metropolitana de Porto Alegre, Serra Gaúcha e polo petroquímico – e seus quinze funcionários tem muito para comemorar. Isso porque a Biosys teve crescimento de 32% em 2019 e já destinou para tratamento mais de 46 mil toneladas de resíduos industriais, garantindo um meio ambiente mais limpo e seguro para todos. Além disso, a empresa firmou um termo de cooperação técnico-científica com a Universidade de Caxias do Sul (UCS), provando sua constante busca por inovação e soluções para seus clientes. “Considerando que muitas empresas fecham no segundo ano, esse aniversário é uma conquista a ser celebrada com nossos colaboradores, fornecedores e clientes. Temos muito orgulho em fazer parte do desenvolvimento sustentável da indústria gaúcha” resume Sebben.

Sobre a Biosys

A Biosys é uma empresa focada no gerenciamento de resíduos industriais, sejam eles perigosos ou não. A organização é o braço ambiental do Grupo Datasys e insere a sustentabilidade em sua estratégia de negócio, como forma de construir, ativamente, um futuro seguro para as próximas gerações.


Foto da fachada da Biosys disponível neste link.

Crédito: Grazi Dietrich

Com mais de 46 mil toneladas de resíduos já recolhidos, Biosys celebrou três anos de atividade nesta quarta-feira

Comentários

Receba nossa newsletter

Cadastre-se e receba conteúdos relevantes
no seu e-mail.


É rápido, fácil e gratuito.